Tracoma Ainda no Centro das Preocupações Moçambique Acolhe a 22ª Reunião da Aliança da OMS para a Eliminação do Tracoma no Mundo

Maputo, 28 de Junho de 2019 – Mais de 180 especialistas de Tracoma vindos de todo mundo, incluindo de Moçambique, estão reunidos em Maputo, a capital moçambicana, desde o dia 26 Junho corrente, para de entre outros objectivos fazer a monitoria dos esforços realizados para a eliminação do tracoma a nível mundial até o ano 2020. 

Trata-se da 22ª Reunião da Aliança da OMS para a eliminação do Tracoma no Mundo até o ano 2020 (GET2020). A mesma termina hoje. Esta é a primeira vez que este fórum se reúne nuns pais de língua oficial portuguesa. A sessão de abertura foi dirigida pelo Vice-Ministro da Saúde de Moçambique, Prof. Doutor João Leopoldo, e pela Representante da OMS em Moçambique, Dra Djamila Cabral.  

O tracoma é a principal causa infecciosa da cegueira em todo o mundo. Ela propaga-se de pessoa para pessoa, particularmente de criança para criança e de criança para a mãe devido especialmente um saneamento inadequado, escassez de água potável e à existência de muitas moscas que pousam nos olhos. 

Um mapeamento realizado em Moçambique entre 2011 e 2014, revelou que dos 161 distritos do País, 66 são endémicos para o tracoma folicular em crianças em idade escolar, em 7 províncias localizadas nas regiões centro e norte de Moçambique.  

Dos 66 distritos endémicos, 20 registam uma prevalência de tracoma que varia entre 10 e cerca de 30 porcento, e 30 distritos entre 5 e 10%. 

Em relação ao tracoma triquíase, a que afecta principalmente pessoas com idade igual ou superior a 15 anos, o país tem 34 distritos endémicos, e o maior peso é verificado na zona norte, nomeadamente as Províncias de Cabo Delgado e Nampula.

Os progressos rumo à eliminação do tracoma são encorajadores pois  a nível mundial o número de pessoas em risco de tracoma passou de 1,5 bilhão em 2002 para pouco mais de 142 milhões de pacientes  em 2019, significando uma redução  na ordem de  91%. 

Dados apresentados nesta 22ª reunião da Aliança da OMS para a Eliminação Global do Tracoma até 2020 também mostram que “o número de pessoas que necessitam de cirurgia para triquíase tracomatosa - o estágio tardio e ofuscante do tracoma - caiu de 7,6 milhões em 2002 para 2,5 milhões em 2019, uma redução de 68%”.

Desde 1993, a Organização Mundial de Saúde recomenda a estratégia SAFE para prevenir a cegueira do tracoma. Este é um pacote integrado de intervenções, implementados a nível comunitário, que previne a cegueira causada pelo tracoma em múltiplos estágios da doença. A sigla SAFE significa: S- Cirurgia para aqueles com doença avançada, A- antibióticos para tratar a infecção, F- Limpeza facial e E- Melhoria ambiental para reduzir a transmissão.

Em 1996, a comunidade mundial cientifica estabeleceu a Aliança da OMS para a Eliminação Global do Tracoma no Mundo até 2020, com a finalidade de ajudar os países a usarem a estratégia SAFE para eliminar o tracoma como um problema de saúde pública.

Falando na sessão de abertura o Vice Ministro da Saúde disse que Moçambique tem implementado a estratégia ”Visão 2020” definida pela OMS, para coordenar os esforços contra a cegueira evitável, eliminando as suas principais causas e dando o direito a visão a todos. “A vossa presença fortalece o compromisso para eliminação do Tracoma como causa de cegueira no mundo e em particular no nosso país”, frisou o Vice Ministro da Saúde.

A representante da OMS em Moçambique, Dra Djamila Cabral, com vista a alcançar a meta da eliminação até ao ano 2020 “Precisamos de mais parcerias, mais recursos, reforço do sistema de saúde e de mais acção

As pessoas afectadas pelo tracoma geralmente vivem nos países mais pobres; dentro desses países eles vivem nas comunidades mais pobres; e nessas comunidades, as pessoas que ficam cegas por causa do tracoma são mais pobres que seus vizinhos. Ficar cego os mantém pobres - e mantém seus filhos pobres também”, a Dra Djamila Cabal. 

Para fazer face a este problema os Ministérios da Saúde com o apoio da Aliança Mundial da OMS para a Eliminação do Tracoma estão a levar a cabo esforços na implementação da estratégia SAFE a nível dos países.

Click image to enlarge
For Additional Information or to Request Interviews, Please contact:
MOREIRA Maria Da Gloria

Health Promotion Officer
Tel: +258 21492733
Email: moreirag [at] who.int