Feiras de Saúde e de Produtos Agrícolas: Incluídas nas Celebração do Dia da Medicina Tradicional Africana

Maputo, 5 de Setembro de 2019 – Uma Feira de Saúde e de produtos agrícolas marcaram diferença nas celebrações centrais do 17º Dia da Medicina Tradicional Africana, 31 de Agosto, realizadas no Distrito de Marracuene, localizado a cerca de 30 quilómetros a norte da capital do País.

Celebrações similares, que incluem marchas, deposições de flores e discursos decorreram em todo o País sob a coordenação das Direcções Provinciais da Saúde (DPS).

Na África sub - Sahaariana as celebrações deste ano decorreram sob o Lema “Integração da Medicina Tradicional nos programas de formação dos formandos das Ciências de Saúde na Região Africana

A Dra. Felisbela Gaspar, Directora Nacional de Medicina Tradicional e Alternativa, em representação da Ministra da Saúde, Dra Nazira Abdula, acompanhada pela Directora da Educação e Desenvolvimento Humano da Província de Maputo, em representação do Governador da província de Maputo, Raimundo Diomba e de dirigentes da Medicina Tradicional e Alternativa em Moçambique, presidiu as celebrações deste ano. O evento contou igualmente com a participação de quadros dos outros sectores da função pública, de especialistas do escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Moçambique, de associações e de Organizações da Sociedade civil parceiras do Ministério da Saúde. 

A mensagem da Directora Regional da OMS para a África, Dra Matshidiso Moeti, por ocasião da celebração do 17º Dia da Medicina Tradicional Africana, lança um apelo aos governos, às instituições académicas e de investigação e ao sector privado, para que reforcem a colaboração para a integração da medicina tradicional Africana nos programas de formação dos profissionais de saúde, estudantes e investigadores.

Em Moçambique, no período de 2014 a 2018, já foram capacitados um total de 25.607 Praticantes de Medicina Tradicional, dos quais 14.831 em Cuidados de Saúde Primários, 1.776 em TB/DOTC, resultando em 4.352.000 pacientes referidos às US e o seguimento de 5.978 doentes com TB pelos PTM. Para além destes progressos, já foram integrados 6.039 PTM em Comités de Saúde, Co-gestão e Humanização. Por outro lado, já foram capacitados 386 profissionais de saúde em matéria de Cuidados de Saúde Primários com uma abordagem sócio-cultural, e foram formados 300 profissionais de saúde em técnicas de medicina tradicional chinesa e acunpuctura, promovendo uma melhor compreensão e colaboração da medicina convencional com a Medicina Tradicional e Alternativa.

A integração deste grupo no Sistema Nacional de Saúde e a sua colaboração, como actores formais, nos Cuidados de Saúde Primários (CSP) é de extrema importância, tendo em conta a situação de insuficiência em que se encontra a cobertura dos serviços de saúde formais

Feiras de Saúde e de Produtos Agrícolas
Credits
Click image to enlarge
For Additional Information or to Request Interviews, Please contact:
MOREIRA Maria Da Gloria

Health Promotion Officer
Tel: +258 21492733
Email: moreirag [at] who.int