Organização Mundial de Saúde doa clínica pré-fabricada à Direcção Provincial de Sofala e alivia o sofrimento de mulheres grávidas que chegavam a percorrer 18 quilómetros a pé até à Unidade Sanitária mais próxima

BEIRA, Moçambique - A Organização Mundial de Saúde (OMS) procedeu à entrega formal de uma clínica pré-fabricada à Direcção Provincial de Saúde de Sofala (DPS), o que irá facilitar o acesso aos serviços de saúde adequados pela população do Bairro de Inhajou, no Distrito de Búzi.

A clínica doada pela OMS está equipada com ar condicionado e lavatórios; tem uma área de 36 metros quadrados (uma sala de espera, um pequeno armazém e uma área de cuidados ao paciente), duas casas de banho com louça sanitária e está orçada em 2.993.782,02 meticais (cerca de USD 48.000). A clínica vai servir a mais de 7.000 pessoas, das quais 2.186 do Bairro de Reassentamento de Inhajou e as restantes das áreas circunvizinhas tais como Inhamita, Begaja, Bandua e Nhabemba.

“A população deste bairro há muito que necessita de uma Unidade Sanitária, uma vez que o Centro de Saúde mais próximo dista a 18 quilómetros daqui. Esta clínica vai funcionar como Maternidade e aliviará o sofrimento da população”, disse Aluísio Gonzaga Pio, Chefe do Departamento de Planeamento e Cooperação na DPS.

Inicialmente, a provisão dos serviços de saúde à população de Inhajou era feita através de Brigadas Móveis. No entanto, uma equipe de quatro profissionais de saúde foi alocada, actualmente, composta por uma enfermeira de saúde materno-infantil, uma técnica de medicina geral, uma técnica de nutrição e um enfermeiro geral.

“Se os parceiros financiarem a construção da Unidade Sanitária, os trabalhos irão arrancar o mais breve possível e, caso contrário, vamos planificar a construção e apetrechamento desta no próximo Plano Quinquenal do Governo (2020-2025), porque é nossa prioridade construir uma Unidade Sanitária neste local”, acrescentou Pio. A DPS já submeteu uma proposta ao Ministério da Saúde (MISAU) e iniciou um diálogo com parceiros, para a construção de um Centro de Saúde Tipo 2 completo, no local onde a clínica vai funcionar.

“O nosso sentimento é de grande satisfação. Agradecemos bastante à Organização Mundial de Saúde pelo seu apoio e prometemos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para a conservação desta infra-estrutura, de modo a servir-nos por muito tempo”, afirmou Pita Mutimbijua, Chefe do Bairro de Reassentamento de Inhajou.

Garantir a prestação de serviços de saúde nos distritos mais afectados é a prioridade da OMS.

 

Visit to prefabricated clinic
Credits
Click image to enlarge
For Additional Information or to Request Interviews, Please contact:
MOREIRA Maria Da Gloria

Health Promotion Officer
Tel: +258 21492733
Email: moreirag [at] who.int