IVD Features

19 December -- The deterioration of the conflict has displaced 127 000 persons into Bangui. Over 10% (533 000) of the country’s population has been displaced. Hospitals have been looted and health personnel have fled their posts. The country’s very low immunization coverage exposes children to diseases such as measles and yellow fever; malnutrition is severe in areas such as Marathe and Boda.

Malaria is the leading cause of death for children under five. On 17 December, WHO assessed the health situation and priority health needs in the displacement camp near Mpoko airport which hosts around 45 000 people.

Leia mais...

O Escritório Regional da OMS para a África está a solicitar a apresentação de propostas de nomeações para o seu Grupo de Acção para a Vacinação (TFI). As nomeações deverão ser enviadas o mais tarde até 31 de Junho de 2013. As nomeações serão cuidadosamente analisadas pelo painel de selecção de candidaturas, que irá propor a selecção de nomeados para os cargos ao Director Regional da OMS para África.

O TFI é o principal grupo consultivo do Escritório Regional da OMS para a África (AFRO) no que se refere à formulação de políticas relativas às vacinas e à vacinação. O TFI responde directamente ao Director Regional e aconselha a OMS/AFRO sobre políticas e estratégias em matérias que vão desde investigação e desenvolvimento de vacinas e tecnologia, passando pela prestação de serviços de vacinação, até à interligação entre a vacinação e outras intervenções de saúde. O seu âmbito de competências não se limita à vacinação infantil, mas abrange também todas as doenças evitáveis pela vacinação, bem como todos os grupos etários.

Todos os membros são peritos reputados com um histórico notável de realizações nas suas áreas e um conhecimento profundo dos aspectos da vacinação abordados pelo TFI. Têm a responsabilidade de fornecer aconselhamento e recomendações ponderadas e de alta qualidade à OMS sobre os assuntos descritos no mandato do TFI, que se encontra em anexo.

Os membros do TFI deverão representar toda uma variedade de filiações profissionais (i.e., meio académico, profissão médica, institutos de investigação e órgãos governamentais, incluindo programas de vacinação, departamentos de saúde pública e autoridades reguladoras); grandes áreas de interesse (p. ex., controlo da gripe, doenças diarreicas, infecções respiratórias, investigação, biologia e segurança); e as três principais áreas estratégicas do trabalho da OMS relacionado com a vacinação (i.e., acelerar a inovação, garantir a qualidade e a segurança e a interligação com outras intervenções de saúde).  Será dada particular atenção para assegurar uma representação geográfica adequada e um equilíbrio entre os géneros.

Os membros serão seleccionados com base nas suas habilitações e capacidade para contribuir para a consecução dos objectivos do TFI. A nomeação dos membros do TFI será feita pelo Director Regional da OMS OMS/AFRO, mediante a proposta do painel de selecção. Os membros do TFI são nomeados para um mandato inicial de três anos, renovável uma vez.

O TFI reúne-se normalmente duas vezes por ano. Para além disso, os membros poderão pedir para participar nos grupos de trabalho do TFI e estarão plenamente envolvidos na preparação de cada reunião.

Solicita-se o envio das vossas nomeações juntamente com uma carta de apoio por correio electrónico para o Dr. Deo Nshimirimana, Director, Grupo Orgânico da Vacinação e Desenvolvimento de Vacinas: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . Serão aceites auto-nomeações e nomeações sugeridas por terceiros. Os nomeados serão solicitados a confirmar o seu interesse, disponibilidade e compromisso para servir no TFI, apresentarem o seu curriculum vitae, uma carta de motivação destacando qual será o seu contributo para o TFI e um formulário preenchido de declaração de interesses, antes de a sua nomeação poder ser considerada pelo painel de selecção.

Queiram partilhar esta solicitação com todos quantos possam estar interessados em apresentar nomeações para servir como membro deste grupo.

Terms of Reference - WHO/AFRO Task Force on Immunization (TFI)

 

 

 

Leia mais...

polio-report-2011icon Download the 2011 Annual Report (1.07 MB)

Polio eradication remains one of the top priorities for WHO in the African Region. Efforts to eradicate polio began in 1988 with the Global Polio Eradication Initiative (GPEI). At that time, polio paralyzed nearly 1000 children every day. As a result of massive efforts from national governments, coupled with significant technical and financial support of international partners, wild poliovirus (WPV) cases have fallen by 99%. At the end 2011, the total number of reported WPV cases was half of that reported in 2010, with 54% recorded in the African Region. Of the 12 countries that experienced importation of WPV in 2011, 11 successfully interrupted transmission within 6 months.

Leia mais...

Baixar