Representação da OMS - Angola

Imprimir

For updates on the yellow fever outbreak, visit the WHO yellow fever site


  • Angola: «Epidemias criam sobrecarga nos serviços de saúde e comprometem a saúde dos cidadãos», diz o Ministro da Saúde Luanda, 13 de Fevereiro de 2017 -  O Ministro angolano da Saúde declarou que Angola tem sido um país vulnerável a epidemias, registando surtos que criam uma sobrecarga nos serviços de saúde e comprometem a saúde e a vida dos cidadãos, como a febre amarela, malária, cólera, zika e o VIH/Sida. 
  • Angola declara oficialmente fim da epidemia de febre amarela Luanda, 23 de Dezembro de 2016 – O Ministro angolano da Saúde, Dr. Luís Gomes Sambo, declarou sexta-feira em Luanda o fim da epidemia de febre amarela no páis,  decorridos seis meses desde a confirmação do último caso desta doença e de uma vigilância epidemiológica activa a nível nacional. Angola tinha notificado o último caso confirmado de febre amarela no dia 23 de Junho de 2016, nas Províncias do Cunene e do Cuanza Norte.
  • OMS Boletim Dia Mundial da SIDA 2016 A ngola desenvolveu um vasto programa de sensibilização pública para celebrar o Dia Mundial de Luta contra a Sida e a passagem dos 35 anos desde que foi descoberto o vírus que afecta hoje 36,7 milhões de pessoas em todo o mundo, dentre as quais cerca de 26 milhões em África.
  • OMS apoia iniciativa do conselho das igrejas cristãs para melhoria da saúde em Angola 6 de Outubro de 2016,  Luanda - O Representante da OMS em Angola, Dr. Hernando Agudelo, declarou o seu apoio a uma iniciativa de 21 (vinte e uma) organizações religiosas filiadas no Conselho das Igrejas Cristãs de Angola (CICA), que pretendem trabalhar em parceria para a melhoria da saúde e o reforço do engajamento comunitário no país.
  • Angola launches next round of yellow fever vaccination: no room for complacency amidst reports of declining cases Luanda, 12 August 2016 – Angola is beginning a new phase in its response to the yellow fever outbreak with the launch of a pre-emptive mass vaccination campaign scheduled to start on the 15th of August and targeting 3 million people in 12 provinces and 22 districts. This phase will focus on vaccinating bordering areas with the Democratic Republic of Congo (DRC) and Namibia as well as some high-risk districts with confirmed or probable virus transmission.
 
 

 

Angola